Suplementação com Creatina: Saiba mais e potencialize seus treinos!

Suplementação com Creatina: Saiba mais e potencialize seus treinos!

Para entender melhor como funciona a suplementação com creatina é necessário conhecer bem esse componente, a creatina é basicamente formada por três componentes, a metionina, a arginina e a glicina. Ela pode ser encontrada em pequenas quantidades em peixes e também na carne vermelha, sendo originalmente sintetizada pelo fígado. No entanto, vale ressaltar que nas carnes ela é encontrada em pequenas proporções, pois seria necessário consumir um quilo de carne para conseguir 5g de creatina, a dose diária recomendada por especialistas, e por esse motivo é tão importante a suplementação com creatina.

Saiba como funciona a suplementação com creatina

Ao mover e contrair o músculo, a energia que é gerada no movimento é basicamente formada pela ATP, é ela que promove essa energia ao liberar as moléculas de fosfatos. Durante esse processo, outro composto é formado, o ADP. O certo é que o corpo só tem a capacidade de produzir sozinho o ATP suficiente para promover essa energia por apenas 10 segundos, ou seja, para que essa contração do músculo continue, é preciso que mais ATP seja produzido, nesse momento, o fosfato de creatina ajuda que sejam formadas novas moléculas de fosfatos para o ADP, isso faz com que o ATP seja recriado, sendo que esse novo ATP que foi produzido se transforma em mais energia, sendo um combustível para novas contrações musculares.

Outra vantagem em aumentar essa síntese de ATP é que o corpo não precisa recorrer a outro sistema de energia, conhecido como glicólise, que tem como subproduto o ácido lático, ele cria uma sensação de “queimação” sentida durante exercícios mais intensos, sendo que no caso em que a quantidade de ácido for muito elevada, o músculo acaba por parar, porém, no caso da suplementação com creatina dor seguida rigorosamente, a quantidade de ácido lático é minimizada.

creatina

Como tomar a suplementação com creatina

O ideal é tomar a creatina todos os dias, mesmo naqueles em que não haja treino, algumas pessoas costumam diminuir a quantidade aos sábados e domingos, geralmente de 5g para 3g, porém, o ideal é que a suplementação com creatina seja feita de maneira constante, ou seja, sem interrupções, dessa maneira é possível cumprir todo o tratamento, sendo necessário dar um intervalo de dois meses recomendado, ou seja, o tratamento completo dura dois meses, sendo que depois desse tempo é preciso fazer essa suspensão no uso.

Qual o melhor horário para tomar a suplementação com creatina

Antes de começar a usar a creatina, vale lembrar que os seus efeitos não são imediatos como a cafeína, o resultado da suplementação com creatina só é percebido após algum tempo de uso, na prática, isso significa que a dose tomada no dia não irá influenciar o treino do mesmo dia, e sim os treinos subsequentes. Outra dica é consumir carboidratos junto com a creatina, pois isso faz com que a absorção melhore, além disso a liberação de insulina possui um papel muito importante no processo de transporte da creatina para as células dos músculos, por esse motivo o ideal é sempre tomar pós-treino.

Saiba mais sobre a creatina neste breve vídeo e tire todas as dúvidas restantes:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Add Comment