Vitamina K: Veja para que ela serve e em quais alimentos é encontrada

Vitamina K: Veja para que ela serve e em quais alimentos é encontrada

A maioria das vitaminas são bem conhecidas pela população, principalmente a C, a D, as do complexo B e outras. Porém, a vitamina K é muito desconhecida das pessoas. Grande parte delas jamais pensou que existisse uma vitamina com essa letra, mas tem sim e é muito importante para o corpo humano.

Nos tópicos a seguir você vai conhecer a vitamina K e tudo que precisa saber a respeito dela. Para que ela serve, quais alimentos possuem essa vitamina, o que a falta dele pode causar, a dosagem diária necessária para uma pessoa saudável e outras questões do tipo. Confira!

Para que serve vitamina K?

A vitamina K tem uma função de extrema necessidade no corpo humano. Ela é responsável por manter e fortalecer a saúde dos seus ossos. E, como todo mundo sabe, sem os ossos saudáveis, você não consegue viver. Os ossos são quem mantém o corpo de uma pessoa em pé, funcionando, se movimentando, então é uma importância essencial a da vitamina K.

Além disso tudo, ela ainda atua em outra área de também extrema importância. A vitamina K é responsável pela correta coagulação do sangue, isso te mantém vivo. Evita hemorragias, ajuda na cicatrização de ferimentos e na própria circulação sanguínea.

vitamina K

Quais os tipos?

A vitamina K é, na verdade, um complexo, assim como o complexo B. Existem três tipos: a K1, K2 e K3. A K1 é encontrada nos alimentos que naturalmente passam essa vitamina ao corpo humano e é muito ligada à questão sanguínea, da coagulação.

A K2 já é produzida pelo próprio corpo, na flora bacteriana presente no organismo humano e atua no fortalecimento dos ossos e dos vasos sanguíneos.

Já a K3 é uma forma da vitamina criada e inventada em laboratório. Ela não existe na natureza, muito menos no seu corpo. É feita apenas para se transformar em cápsulas e serem tomadas como suplemento alimentar.

Alimentos ricos em vitamina K

Os alimentos que mais possuem vitamina K são os que também são ricos em cálcio e potássio, como é o caso, principalmente, das folhas verdes. Brócolis, rúcula, repolho, couve-flor, alface, agrião, espinafre, enfim, uma salada verde e você vai ter vitamina K suficiente para viver bem.

Além disso, ela também é encontrada no fígado de boi, ovos, abacate, nabo e outros alimentos. Mas ela é rica mesmo nas folhas verdes. Não só ela como uma gama de vitaminas e sais minerais essenciais ao corpo humano.

Qual a quantidade recomendada?

Tudo em excesso faz mal, assim como a falta de nutrientes essenciais também faz mal. Por isso, existe uma quantidade ideal de vitamina que você tem que ter no seu corpo, nem mais, nem menos, exatamente esse valor. Confira abaixo os da vitamina K:

0 a 6 meses: 2 mcg

7 a 12 meses: 2,5 mcg

1 a 3 anos: 30 mcg

4 a 8 anos: 55 mcg

9 a 13 anos: 60 mcg

14 a 18 anos: 75 mcg

Homens com mais de 18 anos: 120 mcg

Mulheres com mais de 18 anos: 90 mcg

Gestantes e lactantes: 90 mcg

alimentos

Quais os sintomas da falta de vitamina K?

A falta de vitamina K é algo muito difícil de acontecer que basta você comer uma outra folha verde durante a semana que já vai adquirir a quantidade necessária para viver bem, mas a sua deficiência pode causar problemas de coagulação no sangue, principalmente.

Sangramentos, não cicatrização de ferimentos, hemorragias, além do enfraquecimento dos ossos, que é bem perigoso.

Normalmente, pessoas que fizeram cirurgia bariátrica necessitam de regulação dos níveis de vitamina K a partir de uma suplementação normal, feita com cápsulas da vitamina K3 e de outros nutrientes que são perdidos tempos após o procedimento.

No mais, as demais pessoas que têm falta dessa vitamina são apenas as que já estão desnutridas, subnutridas. Quem se alimenta diariamente, mesmo sem comer muitas folhas verdes, acaba ingerindo a quantidade suficiente de vitamina K, mesmo sem saber.

É anticoagulante?

Não. A vitamina K regula a coagulação sanguínea, não é que ela faz o sangue parar de coagular ou ajuda ele a coagular mais, ela faz com que o seu sistema sanguíneo trabalhe da forma correta. A deficiência dela que, aí sim, pode ter efeito anticoagulante.

Se tiver ainda alguma dúvida a respeito da vitamina K, deixe o seu comentário aqui embaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment