Vigorexia: O que é? Como posso identificar? Tem tratamento?

Vigorexia: O que é? Como posso identificar? Tem tratamento?

Milhares de pessoas são insatisfeitas com o próprio corpo. Se acham acima do peso, não gostam de certas partes e frequentemente se veem fora do padrão, aquele que a sociedade considera bonito. Isso acaba levando as pessoas a procurarem academias, ou exercícios que possam ser realizados em casa. Outras pessoas preferem recorrer a dietas restritivas absurdas encontradas na internet e as seguem a risca na busca pelo corpo desejado. A obsessão com o corpo perfeito chega a ser tão grande que muitas pessoas recorrem a médicos para realizar intervenções estéticas, o que muitas vezes pode fugir do controle. Alguns dos distúrbios mais conhecidos são a anorexia e a bulimia, que afetam em grande parte, as mulheres. Mas existe também a vigorexia. Já ouviu falar dela?

O que é a vigorexia?

Também conhecida como Síndrome de Adônis, a vigorexia é o resultado de uma obsessão pelo corpo musculoso e perfeito. É um transtorno mental que leva a pessoa doente a malhar e fazer outros tipos de exercício físico exageradamente. A pessoa que sofre de vigorexia alcança rapidamente o corpo desejado devido a quantidade de exercícios realizados, mas por ser um transtorno psicológico, a pessoa não consegue se reconhecer totalmente em frente ao espelho. Todas as vezes que ela se olha, ela se enxerga magra e sem músculos.

Quais as causas?

As causas da vigorexia tendem a ser psicológicas ou genéticas. As vezes as pessoas se tornam vigorexas pelo vício em exercícios físicos, ou uma compulsão pelo corpo ideal, pois as pessoas que tem o transtorno geralmente sentem uma dificuldade de aceitação da sociedade e acreditam que tendo um corpo musculoso as coisas irão melhorar, ou ainda este transtorno mental impede que a pessoa afetada consiga se ver de forma clara e real diante do espelho. Com isso, a pessoa procura se exercitar cada vez mais.

Quais os sintomas da vigorexia?

  • Dificuldade de auto-aceitação
  • Distorção da própria imagem pelo indivíduo
  • Dores frequentes em todo corpo
  • Lesões frequentes
  • Abuso de substâncias como suplementos e anabolizantes
  • Dietas exageradas
  • Cansaço frequente
  • Depressão
  • Grande irritabilidade e frequente insatisfação

 

Consequências da vigorexia

A vigorexia traz muitas consequências ao indivíduo e praticamente todas elas são extremamente danosas ao organismo e perigosas. Quem sofre do transtorno costuma apresentar frequentes problemas nos ossos e nas articulações pelo peso excessivo que essas pessoas carregam. Também apresentam grande perda de agilidade, juntamente com o encurtamento dos músculos e dos tendões. Aumentam os riscos de doenças vasculares e de lesões hepáticas pelo abuso de anabolizantes e outras substâncias. Diminuição do tamanho dos testículos, já que em grande parte os afetados são homens.  Desinteresse sexual, dificuldades de concentração e agressividade também são algumas das consequências de quem sofre vigorexia.

Como tratar a vigorexia?

Quem sofre de vigorexia precisa do apoio constante da família e dos amigos para vencer essa batalha. As pessoas afetadas geralmente tem a certeza de que estão em bom estado de saúde, e só as pessoas próximas conseguem observar pouco a pouco que o ente querido não está bem. É desenvolvido com o paciente um acompanhamento multidisciplinar, pois o indivíduo precisará de um nutricionista, endocrinologista, psiquiatra, dependendo do caso um psicólogo e um fisioterapeuta, pois as chances de haver lesões causadas pelo excesso de treino são grandes.

Ter uma dieta equilibrada fará com que o corpo tenha todos minerais e vitaminas necessárias para se recuperar. Já os psicólogos se encarregarão de tratar o paciente, até que ele seja da forma que realmente é, o que pode ser um trabalho demorado e complicado. Podem ser receitados remédios para diminuir as crises de ansiedade, as compulsões do comportamento e reduzir o estresse que o tratamento pode vir a causar.

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente nos comentários!

 

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Add Comment