Melasma: Venha conhecer esse famoso problema de pele!

Melasma: Venha conhecer esse famoso problema de pele!

Você possui manchas escuras no rosto? Não sabe se tem tratamento? Descubra o que é o melasma, como surge e os tratamentos adequados. Veja a seguir!

Muitas mulheres se queixam do aparecimento de grandes manchas escuras no rosto, mas não sabem sua origem, como se prevenir, se tem cura ou tratamento. Como a beleza e a saúde da pele é uma preocupação constante da mulher e pensando no bem estar de nossas leitoras, elaboramos um artigo especial sobre o melasma. Aqui você saberá todas as informações necessárias sobre a doença, o que é, como tratar e as principais ações de prevenção.

O que é melasma? Como surge?

Melasma é uma doença epidérmica onde surgem manchas escuras no rosto, principalmente nas regiões maçã do rosto, queixo e buço. O aparecimento mais comum é na face, mas em alguns casos o melasma também pode aparecer na região dos braços e no colo.

O melasma é motivado por uma superprodução de melanina, que é a proteína que pigmenta nossa pele. Essa proteína acelera sua produção nesse local e surgem as indesejadas manchas.

O melasma acontece em 90% dos casos em mulheres, é um pouco raro ser encontrado em homens.

É uma doença dermatológica que surge geralmente quando o corpo recebe uma grande quantidade de hormônios, muitas mulheres reparam o surgimento das manchas durante a gravidez, outras vezes elas aparecem para quem toma anticoncepcional ou também para quem tem o costume de se expor muito ao sol sem nenhuma proteção e também quem já tem pré-disposição.

As manchas de melasma são mais comuns em pessoas com pele mais escura, porque essas pessoas tem mais melanina na pele.

Melasma é genético?

Sim, o melasma tem características genéticas, então se você possui alguém na sua família que sofre dessa doença, significa que você tem uma pré-disposição ao melasma. É importante que você, mesmo que ainda não tenha percebido nenhuma característica de melasma na sua pele, comece um tratamento de prevenção usando todos os dias filtro solar no rosto e partes expostas ao sol com fator mínimo de 30 e procure um dermatologista que acompanhe seu caso, para evitar ao máximo desenvolver essa doença.

Melasma é grave? Tem cura?

Com isso você não precisa se preocupar, não é uma doença grave de pele como um câncer. Porém, é importante que você faça o tratamento adequado para que o melasma não se torne crônico e mais aparente.

Mesmo não sendo uma doença grave incomoda muito as mulheres que são vaidosas e se importam com sua aparência e saúde. As manchas surgem principalmente no rosto, que é uma das partes que as mulheres mais se preocupam.

melasma

É importante ressaltar que o melasma apesar de ter um tratamento muito eficaz é uma doença que não tem cura, isso quer dizer que mesmo depois do tratamento e de suas manchas sumirem, pode ocorrer de elas voltarem, para que isso não ocorra você deve continuar cuidado da sua pele e fazendo um tratamento de prevenção e também um tratamento de manutenção, com remédio orais, utópicos e protetor solar. Explicaremos tudo sobre o tratamento adequado no próximo tópico.

Se você possui melasma não se apavore porque existem tratamento eficazes e simples, só necessitam de persistência e paciência para os resultados.

Como é o tratamento do melasma?

Para diagnosticar a doença e começar um tratamento você deve primeiramente consultar um dermatologista que é o médico especialista mais indicado para analisar e tratar das suas manchas escuras.

Os tratamentos variam, mas geralmente são compostos das mesmas técnicas. O tratamento completo é um conjunto de medidas para clarear a pele afetada pelo melasma, estabilizar as manchas e impedir que o pigmento melanina volte.

Uso contínuo de filtro solar

Essa é uma das primeiras medidas que um dermatologista irá te passar, o uso de um bom protetor solar contra raios solares e proteção contra raios UVA (ultravioleta A) e UVB (ultravioleta B), o protetor deve conter uma fator mínimo de 30, o mais recomendado é o de 50 ou 60, que irá proteger o seu rosto dos malefícios e evitar que surjam mais manchas de melasma.

Ácidos e cremes de clareamento

Outra medida importante que o dermatologista irá receitar são os cremes que clarearão a sua pele que são à base de ácidos, como hidroquinona, ácido glicólico e ácido azeláico. Geralmente os cremes clareadores são feitos em farmácias de manipulação e são receitados de acordo com as suas necessidades.

Um resultado mínimo de clareamento só poderá ser percebido depois de dois meses, mas isso não é uma regra, para algumas pessoas com manchas mais profundas o tratamento com os cremes clareadores podem não surtir muitos efeitos e dessa forma será necessário um peeling.

Confira o vídeo a seguir e tire todas as suas dúvidas sobre o melasma:

Esperamos que vocês tenham gostado do artigo de hoje!

Qualquer dúvida nos deixe comentários.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment