Hemorroida: Internas e externas, quais os sintomas, e o melhor tratamento? Tire suas dúvidas!

Hemorroida: Internas e externas, quais os sintomas, e o melhor tratamento? Tire suas dúvidas!

A hemorroida acomete grande parte da população por motivos diferentes. Por ser na região anal, ainda há preconceito com o tratamento, por isso é bom se manter informado e procurar um médico. Acha que pode estar com hemorroidas?

Saiba a seguir todos os sintomas, os tratamentos, dicas e recomendações médicas. Confira!

O que é a hemorroida?

A hemorroida nada mais é do que uma veia muito dilatada, inflamada, que ficou inchada dentro do ânus ou até do lado de fora, dependendo de onde se localiza.

Apesar de ser um problema simples, ela causa bastante incômodo e desconforto, atrapalhando bastante o dia a dia de quem tem.

Qual é a diferença da interna para a externa?

A hemorroida interna ocorre apenas dentro do ânus, antes da abertura do reto, não sendo visível ou sentida facilmente apenas pelo toque.

Já a hemorroida externa se projeta para fora do ânus, é subcutânea e ocorre na abertura anal, sendo facilmente visível e sentida no toque por causar uma protuberância na região, um “caroço”.

Ambas causam muita dor ao defecar, se sentar e fazer outras atividades, mas muitas vezes é necessário uma retoscopia para identificar a fissura interna.

Quais os sintomas da hemorroida?

Quando há hemorroida interna, que é no canal do reto, muitas pessoas não sente a dor característica da hemorroida, que é ao sentar ou ao evacuar.

Nesse caso você deve sempre observar se há:

  • Sangue vivo nas fezes ou no papel higiênico;
  • Um prurido de cor clara saindo do ânus;
  • Coceira na região anal;

A hemorroida externa é mais fácil de ser identificada, o paciente poderá sentir:

  • Muitas dores ao ficar sentado
  • Incômodo e dor ao evacuar
  • Sangue nas fezes ou no papel higiênico
  • Inchaço na região anal
  • Nódulo endurecido próximo ao ânus

As dores que a hemorroida pode causar podem ser muito fortes ao ponto de a pessoa não conseguir evacuar normalmente, nem se sentar.

Se o sangramento for muito grande e contínuo, a hemorroida poderá desencadear uma anemia, por falta de tratamento correto.


???? Leia também sobre: Distenção abdominal, o que é e como tratar!


Existe algum comprimido para tratar hemorroida? E pomada?

É possível tratar diretamente a hemorroida fazendo uso de supositórios que amolecem as fezes e facilitam a evacuação, fazendo com que a longo prazo os nódulos diminuam.

As pomadas mais indicadas para tratar esse problema são:

Para adquirir esses medicamentos em creme é necessário realizar uma consulta médica, física ou online.

Como muitas pessoas têm vergonha de fazer o diagnóstico com um profissional, a farmácia EuroClinix criou um modelo de consultas online em que ela emite a receita médica para você caso seja necessário.

Além disso, a entrega é realizada sem nenhum custo a mais, saindo com o frete grátis. Para conferir os preços das pomadas para hemorroidas na EuroClinix clique no botão abaixo:

botao de comprar na euroclinix

Fazendo o uso das pomadas adequadamente, você sentirá menos dor e conseguirá realizar suas tarefas normalmente.

mulher com maos na calça representando sintomas da hemorroida

Como identificar se tenho uma?

Ao sentir os sintomas citados como dor ao evacuar, dor ao sentar, sangue nas fezes ou no papel higiênico, inchaço na região anal, procure o mais breve possível um médico especialista, só ele poderá te diagnosticar com precisão e passar o tratamento correto.

O médico especializado irá te fazer diversas perguntas sobre seu problema, sobre sua dieta e o que você come seus sintomas e casos de família, já que o surgimento desses nódulos têm influência hereditária também. Após isso ele irá examinar a região para identificar a gravidade da hemorroida e se ela é interna ou externa. Ele poderá também, dependendo do caso, requerer exames para prescrever o tratamento.

Caso seja necessário, o médico poderá solicitar alguns exames como:

  • Sigmoidoscopia
  • Anoscopia
  • Exame de sangue oculto nas fezes
  • Proctoscopia

Quais as causas de hemorroida?

São diversas as causas e hábitos que poderão desencadear hemorroidas e todos esses sintomas desagradáveis.

Uma má alimentação poderá influenciar para o aparecimento de hemorroidas. Uma alimentação pobre sem nutrientes, sem fibras. Uma alimentação sem verduras, frutas, legumes, sementes e fibras, deixarão as suas fezes ressecadas, e ao defecar isso poderá machucar a sua região anal e continuamente causar inchaço e hemorroidas. Por isso uma alimentação saudável e balanceada é tão importante e uma forma de se prevenir contra hemorroidas.

Outra causa da hemorroida é a genética, a propensão para desencadear hemorroidas poderá ser de família, se você sofre desse problema e sente os sintomas, pergunte para outros membros próximos da sua família se eles já sofreram desse mal.

Gestantes ou mulheres no pós-parto poderão também sofrer com os sintomas da hemorroida, porque com o aumento do peso, aumenta-se também a pressão nas veias do ânus, causando o inchaço e os incômodos e dor ao sentar ou evacuar.

Outros motivos para o aparecimento de hemorroidas são: gripes e resfriados, diarreia crônica, infecções anais e ficar sentado por longos períodos por dia.


???? Clique aqui e conheça os melhores alimentos ricos em fibras para combater o surgimento das hemorroidas!


Ela tem cura?

É possível sim curar a hemorroida, porém, não basta apenas aplicar uma pomada no inchaço e ela desaparecerá. Como há uma influência hereditária e genética no surgimento desse problema, é fundamental que o paciente faça um tratamento de prevenção a longo prazo para que elas não surjam novamente após o uso de alguma pomada ou supositório.

fibras para hemorroida

Então qual é o melhor tratamento para a hemorroida?

Para hemorroidas mais leves, o médico poderá passar pomadas para alívio da dor, para desinchar a região e também pomadas com vaselina que facilitarão no momento da evacuação. Outra pomada interessante que os médicos costumam receitar são as analgésicas, também recomendadas antes da evacuação, para aliviar os sintomas e as dores.

  • Coagulação infravermelha

Há também o tratamento com coagulação infravermelha, esse é um tratamento não cirúrgico e rápido. Esse tratamento consiste em uma sonda que irá passar e ficar próxima da hemorroida e emitir a luz infravermelha que tem a função de coagular o sangue presente no inchaço da veia e fazê-la reduzir, dessa forma há a redução do tecido da hemorroida, de acordo com a evolução do tratamento.

  • Injeções

Em casos um pouco mais graves, os médicos aplicam uma injeção diretamente na veia inflamada para diminuir seu tamanho. Esse método não causa dor, mas é apenas para reduzir os sintomas, havendo a possibilidade da hemorroida inflamar novamente.

Além disso, fazer um tratamento de prevenção em todos os sentidos será a chave para nunca mais passar pelo mesmo problema. Por isso, é ideal incluir mais fibras na alimentação, pois elas facilitam a movimentação intestinal, bem como a ingestão de água.

kit de tratamento para hemorroida

  • Suplementos alimentares e cremes

Muitas pessoas possuem uma rotina agitada, por isso, optam por comprar suplementos alimentares que possuem os nutrientes necessários para facilitar a evacuação. Os suplementos são fáceis de serem ingeridos, bastando apenas tomá-los com água.

O kit HemaPRO da loja de medicina natural Shy To Buy, por exemplo, acompanha um suplemento 100% natural rico em fibras e um creme para aplicação direta na hemorroida, sendo bastante eficaz para suavizar as dores.


➦ Quer conhecer o kit de tratamento para hemorroidas da Shy To Buy? Clique aqui e saiba mais!


E a cirurgia? Como é feita?

Se de todos os tratamentos não surtirem o efeito desejado, aí é provável que o médico indique uma cirurgia, que na maioria das vezes os médicos retiram a veia que causa a hemorroida, para que não aconteça novamente no futuro.

Nesse procedimento o paciente recebe uma anestesia geral e precisa ficar internado por 2 dias. O método somente é necessário quando as hemorroidas são de grau avançado, que incomodam bastante a vida do paciente e nenhum outro tratamento resolve.

A cirurgia em si não causa nenhuma dor devido à anestesia, mas durante o pós-operatório o paciente precisará fazer uso de laxantes e analgésicos por um tempo, evitando o papel higiênico e usando pomadas indicadas pelo médico.

Após a cirurgia, a hemorroida nunca mais volta.

É comum ter hemorroidas na gravidez?

Sim, a hemorroida é comum na gravidez, sendo que cerca de 15% das gestantes possuem o problema. O nódulo surge nesse período devido à predisposição genética da mulher e a expansão do útero no organismo que comprime os vasos da região pélvica.

Com essa dificuldade de ocorrer o fluxo venoso, os vasos se dilatam facilmente, aumentando as chances do surgimento da hemorroide.

Além disso, o aumento da produção do hormônio progesterona, que mantém a gestação acontecendo sem problemas, relaxa muito a musculatura do intestino o que contribui para a prisão de ventre. Dessa forma, a mulher passa a ter muitas fezes ressecadas e dificuldades para evacuar.

Nesses casos, a gestante deve realizar alguns métodos de prevenção do problema, como:

  • Manter exercícios físicos regulares
  • Comer muitos alimentos ricos em fibras
  • Ingerir bastante água

???? Clique aqui para ler também sobre como evitar as estrias na gravidez!


Gostou das nossas dicas? Então deixe seu comentário! Até a próxima!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment