DIU: O que é? Como funciona? Qual o melhor? É realmente eficaz?

DIU: O que é? Como funciona? Qual o melhor? É realmente eficaz?

Existem vários métodos e técnicas que podem evitar uma gravidez. Entre os mais famosos estão a camisinha, a pílula anticoncepcional e o DIU. Esse último é o assunto deste texto para quem ainda tem dúvidas a respeito do uso desse equipamento.

Nos tópicos a seguir você vai entender o que é o DIU, quais os tipos existente, o valor, os efeitos colaterais do uso desse método, como ele funciona, entre outras respostas para as suas principais perguntas. Veja!

O que é DIU?

Consiste em um equipamento introduzido na vagina da mulher e que serve como método contraceptivo, ou seja, ele evita a gravidez indesejada.

Esse dispositivo pode ter vários tipos diferentes de matéria-prima, o mais comum é de plástico mesmo, mas também tem de cobre, de prata e de outros metais. Ele tem formato de T e é colocado dentro da vagina da mulher, bem na entrada do útero para evitar que os espermatozoides passem daquela região.

Uma das principais vantagens do DIU é que ele é um método contraceptivo duradouro. Dessa forma, você pode manter o equipamento dentro do seu útero por 5 ou 10 anos, varia conforme o tipo e da aceitação do seu organismo.

Porém, assim como a pílula anticoncepcional, ele não serve para evitar as doenças sexualmente transmissíveis.Assim,  serve apenas para evitar a gravidez indesejada e para acabar com as chances de DST, é preciso usar a camisinha em todas as relações sexuais.

De cobre

 O DIU de cobre é o mais famoso e também mais utilizado por mulheres brasileiras. Ele possui uma haste de cobre coberta pelo revestimento de plástico e esse cobre se solta aos poucos dentro do útero da mulher. Com isso,  essa liberação de baixas quantidades de cobre altera o fluxo normal do útero e faz com que o espermatozoide não consiga fecundar o óvulo.

Essa ação no útero, endométrio, trompas e no muco fazem uma pequena ação inflamatória, que não faz mal para a saúde da mulher, mas que resolve a questão da gravidez indesejada e não deixa ela ocorrer. É um método muito eficiente.

mirena

DIU Mirena

O DIU Mirena é o nome técnico dado ao hormonal, que é aquele que libera pequenas doses de progesterona no corpo da mulher para evitar a fecundação do óvulo pelo espermatozoide.

A liberação desses hormônios causa algumas alterações no útero e isso faz com que o espermatozoide não consiga atingir o seu objetivo. Isso prova a eficiência do DIU Mirena, em que as chances de engravidar são de apenas 0,2%.

Outro detalhe importante é que esse tipo pode causar pequenas inflamações no útero por conta da atuação dele e da liberação hormonal, mas essas inflamações não fazem mal algum para a saúde da mulher. Um dado importante é que dois terços das mulheres que usam esse método não menstruam.

De prata

 O DIU de prata é, na verdade, uma mistura de prata e de cobre. Ele serve para melhorar alguns sintomas do uso do modelo feito somente de cobre, como as cólicas menstruais e o fluxo de menstruação.

Uma diferença importante é que o DIU de prata pode ficar no corpo da mulher por apenas 5 anos, enquanto o de cobre pode ficar por até 10 anos. No mais, ambos funcionam da mesma forma e possuem o mesmo objetivo.

DIU Hormonal

 O DIU hormonal é o mesmo que o Mirena já descrito em um tópico anterior. Ele libera pequenas quantidades de progesterona que enganam o espermatozoide e fazem com que ele não consiga fecundar o óvulo.

Qual o valor?

 O valor do preço do DIU mais a colocação dele dentro do útero da mulher vai depender muito do tipo, da situação da saúde íntima da paciente e de outros detalhes importantes. Esse custo total pode ficar entre 100 e 700 reais, normalmente, mas pode ser um pouco mais caro do que isso.

usar diu

DIU engorda?

O DIU hormonal funciona como se fosse uma pílula anticoncepcional, com isso ele pode sim engordar, porém isso é raro de acontecer e quando ocorre, é bem pouco. Já o DIU de metal, cobre ou prata, não gera nenhuma interferência no peso da mulher e não gera nem aumento, nem perda de quilos.

Como funciona?

O DIU ao ser inserido no útero da mulher passa a liberar pequenas quantidades de hormônios ou de metais que atuam como pequenos componentes inflamatórios naquela região. Assim, essa pequena inflamação faz com que o espermatozoide não consiga fecundar o óvulo e morre no meio do caminho.

A eficácia do uso DIU é bem alta, é praticamente impossível engravidar usando esse método contraceptivo.

O DIU é abortivo?

 O DIU age antes do encontro do espermatozoide com o óvulo, ou seja, ele impede a fecundação. Esse método não tem relação alguma com óvulos já fecundados, ou seja, ele não é abortivo. O que ele faz é evitar a fecundação, se ela já ocorreu, ele não tem poder nenhum sobre ela.

 

Se tiver gostado deste texto sobre Diu, compartilhe-o com suas amigas e familiares que se interessam pelo assunto.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment