Câncer de pele: Veja tudo o que você precisa saber sobre ele

Câncer de pele: Veja tudo o que você precisa saber sobre ele

O câncer de pele é uma das doenças mais comuns atualmente e atinge milhões de pessoas por ano, ele é um tipo grave da doença, mas se diagnosticado no início e com o tratamento correto 90% das pessoas conseguem se curar dele. Na maioria dos casos o câncer de pele é provocado por exposição excessiva ao sol sem os devidos cuidados, e as pessoas de pele clara são as mais propensas a esse tipo da doença, pois sua pele é mais sensível. Por isso é sempre recomendado utilizar filtro solar, óculos de sol, e se possível até bonés e chapéus que evitem a exposição direta ao sol. O câncer é uma das doenças mais perigosas, uma vez que em muitos casos ele é silencioso e sem sintomas aparentes.

Como evitar o câncer de pele

Os raios ultravioleta emitidos pelos sol está cada vez mais agressivos para a nossa pele, pois com a destruição da camada de ozônio nós estamos sendo diretamente expostos aos raios solares, que apesar de nos fornecer algumas vitaminas essenciais, sem a proteção necessária e em excesso podem causar doenças como o câncer de pele e até mesmo queimaduras. As pessoas com sardas, pele clara, cabelos claros ou ruivos e olhos claros são consideradas como grupo de maior risco de ter câncer de pele, uma vez que a pele dessas pessoas é mais sensível. Mas além delas, pessoas que têm histórico familiar de pessoas que tiveram câncer também fazem parte do grupo de risco, além de pessoas que apresentam muitas pintas pelo corpo.

Inclusive é preciso ficar muito atento ao aparecimento de pintas pelo corpo, pois muitas pessoas acreditam que seja comum, mas em alguns casos são indicações de algum tumor, que pode ser benigno ou não, por isso é preciso observar pintas que mudam de tamanho e também de cor, ao notar qualquer uma dessas características um médico deve ser procurado para que examine o paciente.

Porém é possível evitar o câncer de pele com algumas ações simples como:

  • Sair de casa sempre com protetor solar, mesmo se não for à praia, uma vez que mesmo no dia a dia os raios ultravioletas podem ser prejudiciais a nossa pele.
  • Usar óculos escuros mesmo em dias nublados, pois os raios solares, apesar de não tão fortes, estão presentes.
  • Sempre que possível utilizar chapéus e bonés.
  • Não ficar exposto ao sol entre 10 e 16 horas
  • Observar se a pele apresenta pintas ou manchas que mudam de tamanho ou cor.
  • Ir ao dermatologista pelo menos uma vez ao ano.

Qual tratamento para o câncer de pele

O câncer de pele possui tratamento e mais de 90% das pessoas se curam e voltam a ter uma vida normal após a doença. E dependendo do estágio em que é diagnosticado ele pode ser tratado sem cirurgia. Conheça abaixo os tratamentos mais comuns para o câncer de pele.

  • Curetagem e eletrodissecção: Esse tratamento é utilizado em tumores menores, nele é feita uma raspagem da lesão e um bisturi eletrônico destrói as células cancerígenas para que elas não contaminem as células saudáveis. Mas esse tratamento não é recomendado em tumores maiores e nem em estágios avançados da doença.
  • Cirurgia excisional: Nessa cirurgia além de remover o tumor com um bisturi, também é removida uma parte da pele sadia, para que tenha segurança de que as células cancerígenas não se espalharam pelo corpo. Essa é uma das técnicas que possuem maior índice de cura, porém pode deixar pequenas cicatrizes. Após a coleta todo o tecido é analisado para certifica-se de que todo o tumor foi removido.
  • Criocirurgia: Este tratamento consiste em utilizar nitrogênio líquido para congelar o tumor. Essa técnica é uma boa solução em tumores pequenos, pois com tumores grandes a taxa de cura é menor do que a da cirurgia. Porém nesse tratamento não é necessário cortes e nem sangramentos.
  • Cirurgia a laser: É utilizado para remover as células cancerígenas com laser de dióxido de carbono. A maior vantagem é que não provoca sangramentos e é muito rápida.

Além das cirurgias os pacientes com câncer de pele podem ser submetidos a tratamento com remédios e quimioterapia, tudo depende do estágio em que a doença é descoberta. Por isso é sempre recomendado seguir as dicas para prevenir o câncer de pele.

Veja este vídeo para mais informações:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Add Comment