Azia – Causas e Tratamento

Se você ainda não teve azia, algum dia na vida provavelmente terá. Diferente da indigestão, que pode vir na forma de desconforto gástrico, ela se caracteriza por uma sensação de queimação dolorosa ou aperto, abaixo ou atrás do osso esterno, na região do peito. Ela vem do esôfago e pode se irradiar para o pescoço ou garganta, causando um gosto amargo na boca e pode ou não vir acompanhada de dor. Esse sintoma é causado porque o ácido estomacal, de alguma maneira, acaba retornando pelo esôfago. A causa pode ser a má digestão ou o hábito de comer muito rápido, além de algumas outras situações. Às vezes a azia, se muito intensa, pode ser confundida com um enfarte do miocárdio.

Situações que favorecem seu aparecimento:

Gravidez – o hormônio da gravidez, a progesterona, relaxa músculos lisos como os da válvula entre o estômago e esôfago. Além disso, o sistema digestivo das grávidas tende a ficar mais preguiçoso, e o estômago se esvazia mais devagar.

Deitar-se depois de comer – a posição horizontal favorece o refluxo de ácido estomacal.

Tomar bebidas com cafeína, gás ou alcoólicas – esse tipo de bebidas pode irritar o estômago, fazendo com que ele produz ainda mais ácido.

Mau funcionamento da válvula que une estômago e esôfago – esse mau funcionamento pode ser ocasionado principalmente por uso de remédios, quando não é o caso de uma gravidez.

Medicamentos que aumentem a acidez estomacal – é muito comum que isso aconteça em tratamentos mais longos, e mesmo com esse sintoma desagradável, é imprescindível que você não pare nem troque de remédio antes de consultar seu médico.

Tratamento

A azia pede tratamento se aparece com grande frequência, já que com o tempo o refluxo danifica o revestimento do esôfago e pode desgastar os dentes. Isso leva à condições graves. O tratamento geralmente é feito com antiácidos ou antagonistas H2 que reduzem a produção de ácido estomacal, e é fácil diagnosticar a azia pela descrição de seus sintomas. Perguntas para diagnosticar a azia podem ser: quando ela começou? Quanto dura cada episódio? O que comidas você consome em cada refeição? Que medicamentos usa? Apresenta vômitos ou fezes com sangue? Bebe muito café ou álcool? Existem outros sintomas? etc. Caso o diagnóstico não seja claro, deve se procurar um gastroenterologista e fazer exames como a laringoscopia. A azia se trata, principalmente, com a mudança de hábitos alimentares.

Hábitos que evitam a azia

  • Evite alimentos muito gordurosos ou ácidos, molhos picantes e derivados de leite, bebidas alcoólicas ou gaseificadas;
  • Prefira alimentos naturais e crus aos industrializados ou fritos;
  • Evite se curvar, fazer exercícios ou deitar após comer;
  • Faça refeições menores, fragmentadas durante o dia;
  • Evite cintos ou roupas muito apertadas na barriga ou cintura;
  • Durma com a cabeça um pouco mais elevada que o corpo, para não favorecer o refluxo;
  • Pare de fumar;
  • Reduza o estresse, praticando yoga ou tai chi chuan;
  • Caso a gordura abdominal esteja pressionando o estômago, procure emagrecer um pouco;
  • Observe se algum alimento específico te causa esses sintomas e passe a evitá-lo.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment