Treinos de hipertrofia: Entenda cada tipo de treino

Treinos de hipertrofia: Entenda cada tipo de treino

Os treinos de hipertrofia devem ser pensados de forma individual. Não adianta querer, por exemplo, copiar o treino de um colega de academia que treina 5 vezes por semana se você treina apenas 3, ou se ele toma suplementos e você não.

Quando decidir qual o tipo de treinamento que você seguirá, pense em seu objetivo, tempo disponível para se cuidar, dieta e experiência de treino. Vamos comentar algumas das principais rotinas de treino, com suas vantagens e desvantagens.

Qual sua rotina de exercícios?

É sempre importante manter uma rotina constante, para unificação dos resultados e facilitar também o planejamento dos resultados.

  • Um grupo por dia: Uma rotina de exercícios para quem treina todos os dias, você busca fazer todos os tipos de exercícios possíveis a um determinado grupo muscular, focando em um deles por dia. É um tipo de treino avançado, recomendado para pessoas com muito temo disponível e que desejam resultados mais eficientes e rápidos.

  • Upper e Lower: uma rotina mais democrática, mas ainda muito intensa, recomendada para quem vai à academia pelo menos 4 vezes por semana. Consiste em exercitar os músculos superiores e interiores, um grupo por dia, de forma alternada. É uma opção extremamente interessante ara pessoas com menos tempo e que precisam de mais tempo para se recuperar.

  • Full Body: Um tipo de treino mais comum, para pessoas que vão á academia três ou menos vezes por semana. É o tipo mais comum de treino e o recomendado para os iniciantes, já que ajuda a disciplinar o corpo para o crescimento de massa muscular e dá maior tempo para a recuperação da musculatura.

  • Push/Pull: Outra categoria de treino avançado, divide os exercícios entre os tipos de movimentos desenvolvidos (em um dia puxa, no outro empurra). Deve ser divido pelo corpo todo e é o ideal fazer sempre alternado. Pode ser feito a partir de 4 vezes por semana e é um treino para potencializar uma pessoa que já tem uma estrutura muscular maior.

  • Agonista/ Antagonista: Um tipo de treino interessante para pessoas com alguma experiência e que desejam equilibrar os trabalhos pelo corpo todo, o treino de agonista/antagonista trabalha grupos musculares opostos de forma intensa, potencializando assim o resultado final. Pode ser feito de 3 a 4 vezes por semana. Não é um treino para iniciantes ou para pessoas que tem grande dificuldade de recuperação.

Escolha uma destas formas de treino e, caso tenha qualquer dúvida, procure seu instrutor.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment