Overtraining: O que é? Como não exceder o treino? Quais os sintomas? O que comer?

Overtraining: O que é? Como não exceder o treino? Quais os sintomas? O que comer?

A ocorrência de overtraining é muito comum em atletas que querem ganhar músculos rapidamente, ou que precisa participar de alguma competição. Saiba mais sobre esse problema e o que é preciso fazer para evitar entrar em overtraining.

O que é overtraining?

Overtraining é uma expressão utilizada para representar um excesso de treino. É um problema que acontece sempre que o esportista pratica mais exercícios físicos do que seu corpo consegue se restabelecer. Acontece à medida em que a pessoa realiza um treinamento, de modo inadequado, sem respeitar os períodos ou prazo de recuperação.

É preciso entender que não é dentro de uma academia que se ganha massa muscular e força, mas sim fora dela, quando o corpo restaura de forma lenta as fibras dos músculos que foram afetados no decorrer do treino.

Além do exagero nos exercícios físicos e a falta de descanso apropriado, outros fatores também estão relacionados com o overtraining, como vícios, má alimentação e stress.

overtraining cansaço

Quais as causas?

Nos nossos dias, o esporte é algo muito competitivo. Com tantas informações disponíveis, a contar de pesquisas referente a área esportiva fisiologistas, treinadores e esportistas aprendem cada vez mais sobre planos de treinos, e como resultado, nota-se uma modificação nos procedimentos de treinos.

A ligação de um plano puxado de treinamento com pouco tempo de recuperação, e decorrente perda da performance por bastante tempo (somando várias semanas ou meses), causa overtraining.

Isso quer dizer que, é muito importante o repouso depois dos exercícios físicos, pois aquele descanso após o treinamento é muito importante para evitar o overtraining.

Analisado de modo muito frequente em esportistas, o overtraining é causado também por fatores associados a uma má alimentação e estress.

Por isso é fundamental passar por uma avaliação física antes de começar qualquer exercício físico, e traçar um plano de treinamento conforme o seu grau de condicionamento físico.

Quais os sintomas do overtraining?

Com o corpo sobrecarregado e debilitado, o atleta começa a perceber que não está ganhando massa muscular. Esse é um dos sintomas do overtraining, mas o organismo dá mais sinais antes que isso ocorra. Se você souber reconhecer os sintomas, fica mais fácil evitar este dano antes que ele traga grandes problemas ao seu desenvolvimento físico. São esses os sintomas:

  • Os efeitos dos exercícios não surgem, por causa da ausência significativa de rendimento
  • Aumento da frequência cardíaca quando se está descansando
  • O atleta fica sem força e disposição para realizar seus treinos
  • Baixa imunidade
  • A musculatura geralmente fica bastante dolorosa por causa do último treino. No entanto, esse sintoma só é valido para pessoas que já praticam atividades físicas por muito tempo, pois todo iniciante sente a musculatura dolorida logo no início
  • Dificuldades para dormir, levando em muitos casos à insônia
  • Cefaleia
  • Cansaço.
  • Falta de apetite.
  • Problemas hormonais
  • Irritação e mudança de humor
  • Surgimentos de lesões
  • Perda de peso
  • Em alguns casos raros, depressão

Caso seja identificado que o atleta sofre de overtraining, é fundamental o descanso. Ainda que para alguns esportistas a hipótese de dar uma pausa nos treinamentos seja difícil, esse tempo de repouso é necessário por no mínimo quinze dias para a sua recuperação.

Como prevenir?

Para evitar o aparecimento do overtraining, é preciso adotar algumas atitudes para o dia a dia de treino. Dessa forma, será possível conseguir bons resultados.

De início programe seu repouso, pois não vai adiantar se exercitar todos os dias da semana se o seu corpo não se recupera entre um treino e outro.

Também é importante ter uma boa noite de descanso, ou seja, dormir bem. Isso diminui as oportunidades de o atleta entrar em overtraining. Dessa forma evite usar suplementos que tirem seu sono.

Reduza outros exercícios que sejam intensos, e tire dias completos para descanso. É importante também, reduzir o estresse do dia a dia.

Como curar o overtraining?

Mas se você já está sofrendo com o overtraining, procure um médico para que seja feita uma avaliação, para identificar a área especifica do seu corpo que precisa de mais atenção. Também é preciso respeitar os intervalos de repouso entre um treino e outro.

Tomar bastante água é essencial, para ajudar na hidratação e no bom funcionamento dos músculos. Seguir uma dieta adequada é muito importante. E ficar atento aos sinais que o corpo dá.

O que investir na alimentação?

Para ter bons resultados nos treinos e evitar entrar em overtraining, é primordial ter uma boa alimentação. Quando se há um treinamento pesado, o organismo precisa de nutrientes para a restauração e crescimento dos músculos.

Alimentação de um esportista deve conter proteínas, carboidratos e gorduras, para que ocorra a cura apropriada da musculatura entre os treinamentos.

Consuma frutas, verduras e legumes que são fontes de vitaminas e minerais importantes para o crescimento muscular, além de dar mais energia para os exercícios.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment