Hipofagin: Funciona? Qual a composição? Precisa de receita? E mais!

Hipofagin: Funciona? Qual a composição? Precisa de receita? E mais!

Grande parte da população mundial é obesa ou está com sobrepeso. Por isso, as indústrias químicas estão sempre pesquisando e  produzindo medicamentos para oferecer várias opções para cuidar da saúde e da estética dessa população. Ao indicar um medicamento como o Hipofagin, o médico deve considerar o tipo de princípio ativo da sua fórmula, o tipo de obesidade do paciente, as reações adversas, a saúde do paciente e a necessidade dele. Caso o seu médico tenha receitado esse medicamento para você, veja a seguir tudo que ele pode fazer pela sua saúde.

Caso você esteja buscando uma solução para conseguir emagrecer de forma rápida, vale a pena ler esse artigo antes de comprar o Hipofagin sem indicação médica. Aproveitamos para lembrar que esse artigo é apenas informativo e que não incentivamos ou recomendamos a automedicação, sendo o médico o único profissional capaz de indicar o melhor remédio para o seu tratamento.

Para que serve o Hipofagin?

Trata-se de um medicamento que tem como princípio ativo a anfepramona, que é um famoso inibidor de apetite, famoso no Brasil e no mundo todo. Este medicamento serve para o tratamento de obesidade exógena, ou seja, a obesidade causada por excesso de comida e calorias ingeridas.

Composição

Além da Anfepramona, que é o inibidor de apetite usado na fórmula do Hipofagin, é importante citar que ele também contém Diazepam, que foi comercializado inicialmente com o nome de Valium. O Diazapam tem ação ansiolítica, ou seja, ajuda a reduzir a ansiedade, que pode aumentar o apetite e consequentemente, aumentar o peso corporal. O Diazepam é um medicamento controlado indicado para o tratamento de ansiedade e síndrome do pânico.

embalagem de Hipofagin

Precisa de receita para comprar?

Sim. Para comprar o Hipofagin você precisa de receita médica, por causa das substâncias usadas na sua fórmula e dos efeitos colaterais que pode causar, como falaremos a seguir.

É importante ficar atento aos sites que prometem conseguir essse medicamento sem receita médica, pois pode ser um medicamento falso e prejudicar a sua saúde, oferecendo riscos além dos riscos que o medicamento original poderia oferecer, e por isso voltamos a dizer que não indicamos a automedicação.

Como tomar?

A recomendação do fabricante é tomar um comprimido do Hipofagin de 75mg por dia, preferencialmente pela manhã, ou 3 comprimidos de 25mg diariamente, de acordo com a indicação médica.

Esse medicamento serve como um incentivador para a reeducação alimentar e a dieta com restrição calórica, que o paciente vai perceber resultados e continuar seguindo depois de parar com a medicação, para continuar perdendo peso.

Hipofagin emagrece mesmo?

Como falamos, o Hipofagin é indicado para o tratamento da obesidade, mas ele ficou famoso na internet depois que algumas pessoas relataram ter conseguido emagrecer com esse medicamento mesmo não sendo obesas, ou seja, para perder aqueles quilinhos extras que incomodam e que poderiam ser eliminados com uma alimentação mais balanceada e com a prática de exercícios físicos.

Além disso, também é preciso considerar os efeitos colaterais que vamos falar a seguir, porque de nada adianta conseguir emagrecer e prejudicar a saúde.

pílulas de  Hipofagin e fita métrica

Quais são os efeitos colaterais?

O Hipofagin pode causar vários efeitos colaterais. Veja a seguir a lista dos mais comuns:

  •  Cardiovasculares: palpitação, taquicarda, elevação da pressão sanguínea, arritmia.
  •  Sistema nervoso central: superestimulação, nervosismo, excitação, tontura, insônia, angustia, euforia, depressão, tremor, cefaleia.
  •  Gastrintestinal: secura da boca, paladar desagradável, náuseas, vômito, desconforto abdominal, diarreia, constipação e outros distúrbios gastrintestinais.
  •  Alergia: urticaria, erupção da pele, equimose, eritema.
  •  Endócrina: impotência sexual (disfunção erétil), interferência na libido, irregularidade menstrual.
  •  Sistema hematopoietico: depressão da medula óssea, agranulocitose, leucopenia.
  •  De ordem geral: algumas reações adversas foram relatadas incluindo queda de cabelo, dispneia, dor muscular, disuria e poliuria.

Outros efeitos colaterais podem aparecer em casos de superdosagem, como episódios psicóticos e convulsões, entre outros.

Como falamos, é importante saber quais são os efeitos colaterais do Hipofagin para avaliar se vale a pena tomar esse medicamento ao invés de buscar outras formas de perder alguns quilinhos.

Tem contra-indicações?

Sim. O Hipofagin é contra-indicado para pessoas com arteriosclerose avançada, hipertiroidismo, hipersensibilidade ou idiossincrasias as aminas simpaticomiméticas, glaucoma, estados de agitação psicomotora, miastenia gravis. e pacientes com história de abuso de drogas.

Preço Hipofagin

O Hipofagin é vendido em uma caixa com 20 comprimidos, e o preço pode variar de acordo com a apresentação (25mg ou 75mg) e com a região que você mora. Na pesquisa que fizemos, o de 25mg custava em média R$17 e o de 75mg em média R$45.

Veja também informações sobre: Femproporex e Manzindol.

Gostou das nossas informações sobre o medicamento? Deixe seu comentário!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment