Dieta Ortomolecular: Como fazer? Funciona mesmo?

Dieta Ortomolecular: Como fazer? Funciona mesmo?

Ao surgir o desejo de perder alguns quilinhos é comum procurar na internet receitas que prometem efeito rápido, mas o que se esquece é que as dietas em questão não foram feitas pensando no seu metabolismo. Por esse motivo é importante consultar um médico para que ele possa montar o cardápio ideal para o seu caso. A dieta ortomolecular é um exemplo de dieta que precisa ser feita pensando-se em cada caso, já que tem características muito específicas. Quer saber o porquê? Então a seguir saiba mais sobre essa dieta e como fazer.

O princípio da dieta ortomolecular

A dieta ortomolecular tem como princípio de que o seu corpo deve estar em equilíbrio ao contar com a quantidade certa de vitaminas e minerais. Tudo em excesso é prejudicial e até mesmo as vitaminas, que quando são consumidas em grandes quantidades pelo organismo podem sobrecarregar os órgãos e levar a problemas de saúde.

O objetivo dessa dieta, portanto, é fazer um exame completo do seu organismo observando quais nutrientes estão em falta e quais você consome em excesso. Assim, o médico poderá determinar ações para ajudar no reequilíbrio do seu corpo melhorando seu funcionamento.

Importância de procurar um médico

Ao se interessar pela dieta é imprescindível procurar um médico, já que para fazê-la você vai precisar se submeter a uma série de exames. O especialista vai solicitar um exame sanguíneo e um mineralograma capilar, que é feito através dos fios de cabelo.

Com os resultados desses exames em mãos, o médico poderá analisar quais nutrientes estão em falta no seu organismo e quais se encontram em excesso.

Como fazer?

Esse tipo de dieta é pessoal, ou seja, o que é recomendado para um paciente pode não ser para outro. Cada resultado de exame e organismo são diferentes, por isso não há só um caminho a seguir.

Primeiramente, o médico especialista vai prescrever remédios manipulados para o paciente a fim de restabelecer o equilibro do organismo. Em seguida, o especialista irá montar um cardápio com os alimentos ideais para o seu metabolismo e meta de emagrecimento.

Por esse motivo, você não pode seguir a dieta feita para outra pessoa, já que aqueles nutrientes foram escolhidos especificamente para o organismo dela.

O que você pode pegar da dieta ortomolecular para seguir no seu dia a dia são as trocas de alimentos. A dieta busca substituir os alimentos por versões integrais e desnatadas, no caso do leite e seus derivados.

Além disso, alimentos industrializados são trocados por opções naturais, que não passaram por nenhum processo químico. A carne vermelha deve ser substituída pelos peixes e aves desde que sem pele, já o consumo do ovo deve ser feito sem a gema.

A dieta ortomolecular oferece benefícios que vão muito além da perda de peso, pois esse tipo de dieta busca melhorar o funcionamento do seu corpo evitando doenças. Por se tratar de uma dieta específica, deve ser acompanhada por um médico que irá auxiliar na montagem do cardápio ideal com a quantidade certa de nutrientes.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (543 votes, average: 4,23 out of 5)
Loading...

Add Comment