Foliculite

Foliculite

Você conhece a inflamação que ataca os folículos pilosos e pode atingir qualquer parte do corpo que tenha pelos? Se dividindo em diversos tipos, de acordo com seu microorganismo causador, essa inflamação tende a incomodar quem é atingido e evoluindo até causar dor, coceira e vermelhidão. Quer entender melhor a foliculite e seus tratamentos? Continue a ler.

O que é?

Folículo piloso é o nome científico dado ao orifício de onde se origina o pelo. Ele está presente em quase todo o corpo, exceto nas mãos, pés e mucosas (como os lábios, a boca, etc). A foliculite é o nome da inflamação desse orifício, que acontece por diversos fatores: contaminação de microorganismos que vivem na pele e atacam pequenas lesões, roupas muito apertadas, se banhar em um local com higiene precária, etc.

Tipos

A foliculite pode ser superficial ou profunda. Entre os tipos de foliculite superficial estão a foliculite estafilocócica, a foliculite por pseudômonas, a pseudofoliculite da barba e a foliculite pitirospórica. É mais comum e afeta a parte superficial e mais externa do folículo.

Já se tratando da foliculite profunda, pode ser sycosis barba, foliculite gram-negativo, furúnculos e foliculite eosinofílica. Ela é mais difícil de acontecer e se trata de uma complicação da foliculite superficial.

Os nomes podem parecer muito complicados, mas geralmente se referem ao microorganismo que atacou o folículo piloso, causando a inflamação em primeiro lugar.

Causas da foliculite

A causa é uma só: a infecção por um microorganismo, seja ele bactéria, vírus ou fungo que atinge o orifício que origina os pelos. Entretanto, cada foliculite tem algum agente precursor. Por exemplo, a foliculite estafilocócica é causada por estafilococos que vivem na pele, enquanto as pseudômonas são bactérias que existem em ambientes como banheiras de hidromassagem.

Entre os agentes precursores mais comuns para o surgimento da inflamação, estão:

  • Sudorese (transpiração em excesso)
  • Inflamação prévia na pele (acne, alergias, etc)
  • Lesões na pele (ao fazer a barba, por cirurgia, causada por atrito)

Sintomas

Os sintomas são diferentes considerando a foliculite superficial e profunda. No caso da foliculite superficial, os sintomas são:

  • Vermelhidão na área atingida
  • Coceira
  • Erupções cutâneas (bolhas com secreção, espinhas vermelhas)

E no caso da foliculite profunda:

  • Coceira
  • Sensibilização da região afetada
  • Lesão bem maior
  • Erupção cutânea maior e com secreção

Diagnóstico

O diagnóstico e tratamento é feito por um dermatologista. Ele fará uma observação clínica da pele afetada, procurará saber seu histórico de saúde e das lesões (se são recorrentes, se você tem alguma doença crônica, etc) e poderá recolher uma amostra de secreção para enviar ao laboratório, para saber qual o microorganismo causador.

Tratamento

O tratamento vai depender do tipo da foliculite, microorganismo causador e gravidade da inflamação. Pode ser feito com aplicação de antibióticos tópicos, orais ou a combinação deles, loções e cremes para diminuir a coceira, aplicação de compressa fria e ainda tratamento com corticóides. Tudo irá depender de cada caso específico.

Prevenção

  • Evitar roupas muito apertadas
  • Ao se barbear, usar água morna e raspar no sentido dos pelos
  • Mantenha banheiras criteriosamente higienizadas
  • Manter lesões de acne ou cirúrgicas sempre bem limpas
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment