Bandagem redutora: Descubra quais os benefícios e como fazer em casa!

Bandagem redutora: Descubra quais os benefícios e como fazer em casa!

A luta contra as gordurinhas localizadas é uma batalha de vida de muitas pessoas. Apesar de saber que atividades físicas regulares e uma boa dieta balanceada podem te ajudar a vencer a guerra, há pessoas que têm dificuldade de seguir esse manual. Por isso, cada vez mais, surgem novos métodos e técnicas que auxiliam o processo de queimar as gordurinhas e alcançar o corpo que se deseja. Uma técnica que está ganhando visibilidade é a bandagem redutora.

Utilizando de géis redutores e faixas, a bandagem ajuda a reduzir significativamente a barriga e pode ser feita em clínicas especializadas e até em casa! Ficou curiosa pra saber? Fique tranquila, que vamos te contar tudo!

Benefícios e resultados?

Através de uma terapia que combina frio e calor, podendo ser feita de forma quente ou fria, a bandagem redutora traz técnicas e produtos diferentes de aplicação. Tudo vai depender do lugar que você irá fazer ou qual receita você irá seguir. Dentre os seus benefícios, a bandagem redutora oferece:

  • Redução das gorduras localizadas;
  • Redução do inchaço;
  • Redução de medidas;
  • Redução de celulites;
  • Redução da flacidez.

Os resultados são obtidos através do choque que a parte do corpo recebe e é estimulado a circulação com os géis redutores, que geralmente apresentam ingredientes como cânfora e mentol. Provocando o resfriamento térmico, que ajuda a eliminar as partículas de gordura. Em uma única sessão é possível perder de 3 a 8 centímetros do abdômen, dependendo sempre do organismo de cada um. Para obter melhores resultados é indicado 10 sessões, tendo um tempo de 3 a 7 dias de intervalo entre elas. Tudo também dependerá do foco e do seu corpo.

Bandagem redutora quente

Conhecida também como termoterapia, a bandagem redutora quente é uma das opções. Ela é feita da seguinte forma:

  • Esfoliação de todo o corpo para retirar as células mortas;
  • Passar o gel térmico que ativa o calor em todo o corpo;
  • Envolver o corpo com uma faixa (bandagem) ou plástico PVC.
  • Acrescentar um óleo aromático por cima da faixa para oxigenar os tecidos.

Bandagem redutora

Bandagem redutora fria

Também conhecida como crioterapia, a bandagem redutora fria tem oferecido ótimos resultados. É bem parecida com o modo de fazer com a bandagem quente, o que muda é que o gel usado no corpo não deve ser térmico. Desta forma, o estímulo do corpo é feito de forma diferente.

Bandagem redutora caseira

Ambas as técnicas de bandagem redutora podem ser feitas em clínicas especializadas. Mas se você estiver economizando e quiser fazer em casa mesmo, também é possível. Confira o passo a passo:

  • Umedeça todo o seu corpo com uma toalha molhada.
  • Faça um esfoliante caseiro, utilizando: 1 copo de iogurte natural, 1 xícara (chá) de aveia em flocos finos, 1 xícara (chá) de fubá, 2 xícaras (chá) de água e 1 colher (sopa) de mel.
  • Aplique esse esfoliante por todo o corpo, massageando em movimentos circulares.
  • Depois aplique um gel redutor (pode ser encontrado em vários lojas de cosméticos) na área que você irá colocar a bandagem.
  • Enrole a área com uma faixa bem firme e deixe agir por 40 minutos.
  • Depois, tire a faixa e tome banho.

Algumas marcas bem avaliadas para comprar de gel redutor, são:

  • Gel Redutor VitaLab;
  • Creme Anti-celulite Árago Lipoderme;
  • Gel anti-celulite da Agir;
  • Slim Control da Biomarine;
  • Gel redutor Bioslim;
  • Gel termo redutor Ecologie;
  • Creme Valmari anti celulite Slim & Sculpt;
  • Gel redutor e modelador My Silhouette, Nívea;

Bandagem redutora Hinode

Para auxiliar o seu procedimento de bandagem redutora em casa, além das marcas citadas, a Hinode possui um kit completo de produtos específicos para o tratamento. O kit vem com 5 produtos que fazem parte do processo da bandagem, com cremes super ativos para ajudar a perder a gordurinha. O valor sai em torno de R$170.

Bandagem redutora

Tem contraindicações?

Sim. Apesar de parecer um procedimento bem tranquilo, algumas pessoas não devem fazer a bandagem redutora. São elas:

  • Pacientes com alteração cardiovascular (cardiopatia, arritmia cardíaca);
  • Hipotireoidismo e hipertireoidismo;
  • Distúrbio da microcirculação arterial;
  • Hipertensão;
  • Pele seca;
  • Psoríase;
  • Dermatite de contato;
  • Alergia ao frio ou aos componentes da fórmula;
  • Gastrite;
  • Úlcera;
  • Eczema;
  • Neuropatia periférica;
  • Síndrome de Raynoud;
  • Gestantes.

E você, já conhecia a bandagem redutora? O que achou? Deixe seu comentário pra gente!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment