Trembolona

Trembolona

Há anos os anabolizantes vem tomando as páginas dos jornais como um dos principais vilões da definição muscular, e muito dessa fama se deve à sua má utilização pelos atletas. Buscando resultados rápidos, muitos são inconsequentes no uso excessivo dos esteroides, o que causa danos irreparáveis à saúde.

No entanto, quando consumidos com acompanhamento médico e cautela, os esteroides anabolizantes podem, certamente, prover resultados bem expressivos a quem persegue um corpo musculoso. Prova disso é a Trembolona, uma das drogas mais consumidas quando o assunto é bodybuilding. O esteroide ficou tão popularizado no mundo dos corpos esculturais que chegou até onde não deveria: no mundo esportivo, onde é facilmente detectada em qualquer exame antidoping.

Muita gente teme a Trembolona por conta de seus efeitos colaterais, considerados intensos, mas quem quer construir um corpo musculoso não pensa duas vezes antes de usá-la, já que o anabolizante tem a possibilidade de causar uma densidade muscular tida como incomparável, aumentar a força, a vascularização, a potência e a explosão nos treinamentos.

Nem mesmo os cientistas conseguem apurar com precisão todos os efeitos que a trembolona causa no corpo humano, sendo ela considerada um dos esteroides injetáveis mais potentes que estão no mercado. Sua função é aumentar os níveis do IGF-1 no tecido muscular, se tornando mais anabólica do que a testosterona, hormônio produzido pelo corpo humano. Dessa forma, fica mais fácil ver a definição muscular de forma cinco vezes mais rápida do que apenas pelo treino na academia, sem a ajuda de anabolizantes.

A Trembolona também atua na metabolização de nutrientes e minerais que ajudam expressivamente no desenvolvimento muscular, além de aumentar as células vermelhas, que contribuem para a vascularização e oxigenação de tecidos corporais.

Os temidos efeitos colaterais da trembolona

Já dissemos que a Trembolona é um dos esteroides mais temidos – e a causa disso está na lista de efeitos colaterais, que podem ir dos sintomas “indesejáveis” aos “prováveis causadores de morte”. Sim: anabolizante não é besteira. E é de alto risco utilizá-lo sem acompanhamento médico.

Os efeitos podem começar em acne (aumento de espinhas), queda de cabelo, pele oleosa e perda de libido – o que mostra que, mesmo com um “corpo escultural”, você pode perder boa parte da diversão graças à droga. Um dos efeitos colaterais mais comentados é a atrofia testicular, que pode ser minimizada com injeções de HCG. Quando não utilizado esse recurso uma vez que necessário, a longo prazo o anabolizante pode causar esterilidade e problemas de ereção.

A lista não para por aí: colesterol alto, comprometimento das funções renais e hepáticas e até aumento significativo da pressão arterial, comprometendo o coração de maneira indelével, também são possibilidades colaterais do uso (principalmente excessivo) da Trembolona.

Concluindo, não compre e injete o esteroide a bel-prazer: procure um médico para te orientar quando e em quais doses usar anabolizantes e fique, além de musculoso, sempre saudável.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

Add Comment