Vitaminas

Vitaminas

Embora o tempo todo a mídia bombardeie as pessoas sobre o benefício de alimentos enriquecidos com vitaminas, poucas pessoas realmente sabem do que se trata esse nutriente. Extremamente necessárias para o funcionamento do organismo humano, as vitaminas exercem funções específicas e sua carência pode gerar doenças – esse artigo falará de sua importância.

O que são?

Vitaminas são essencialmente compostos orgânicos absorvidos por meio da ingestão dos alimentos. Elas não são produzidas ou não são produzidas em quantidade suficiente por animais, como o ser humano, e sua quantidade necessária pode variar muito em questão de idade, estado de saúde, esforço físico, etc.

Classificação, funções e carências

As vitaminas são classificadas de acordo com sua solubilidade. Há as vitaminas lipossolúveis, que são solúveis em gordura e as hidrossolúveis, solúveis em água.

O grupo das vitaminas lipossolúveis compreende as seguintes vitaminas:

Vitamina A – Tem ação antioxidante e combate a presença de radicais livres. Auxilia na formação de ossos, pele e exerce funções na retina. É encontrada na cenoura e no fígado de animais. Sua carência no organismo causa problemas de visão, formação de cálculos renais, diminuição da presença de glóbulos vermelhos.

Vitamina D – Está principalmente ligada à regulação do cálcio, seja no sangue, seja nos ossos. Pode ser encontrada na gema de ovos, óleo de peixe ou sintetizada ao receber raios solares. Sua carência é responsável por raquitismo e osteoporose.

Vitamina E – Atua, principalmente, como um agente antioxidante no organismo. É encontrada em verduras e no azeite, e sua carência pode gerar dificuldade visual ou alterações neurológicas.

Vitamina K – Sua função é ligada à coagulação do sangue e prevenção de osteoporose. É encontrada em verduras, no abacate e sua carência pode causar hemorragias por conta da deficiência na coagulação sanguínea.

E o grupo das vitaminas hidrossolúveis compreende todo o complexo vitamínico B e algumas outras:

Vitamina B1 – Também chamada Tiamina, sua atuação é principalmente na manutenção do sistema nervoso e circulatório. Também age na conversão de glicose em energia. Está presente no feijão, nozes e em cogumelos, e sua carência causa béribéri.

Vitamina B2 – Protege o sistema nervoso central e atua também na formação de hemácias e anticorpos. Conhecida como riboflaviana, é encontrada em grãos integrais e no leite, e sua carência provoca inflamações na língua e anemia.

Vitamina B3 – Também responde ao nome de Vitamina PP, e age na manutenção da pele e fígado, também regulando o colesterol. Achada em amendoins, ervilhas e feijão, sua carência traz insônia, dor de cabeça e depressão.

Vitamina B5 – É o ácido pantotênico, e está ligado ao metabolismo de proteínas, gorduras e açúcares, sendo encontrada no milho e em ovos. Sua carência causa fadiga e cãibras.

Vitamina B6 – Está ligado ao crescimento e à proteção celular. É encontrada em carnes e cereais, e sua carência provoca anemia e distúrbios de crescimento.

Vitamina B7 – Também ligada ao crescimento e proteção de tecidos, pode ser encontrada na couve flor e nas ervilhas. Sua avitaminose gera dores musculares, fadiga e falta de apetite.

Vitamina C – Fortalece o sistema imunológico e aumenta a absorção de ferro. Encontrada em frutas cítricas, sua carência provoca escorbuto.

Colina – Atua em relação à memória e ao combate do Alzheimer. É encontrada na gema de ovo, e sua carência gera acúmulo de gordura.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment