Alimentação Funcional

Alimentação Funcional

Há algum tempo, a maioria dos portais que disponibilizam receitas de fitness têm usado bastante a palavra “funcional”. “Sobremesa funcional que não engorda”, “bolo funcional que acelera o metabolismo”, “brigadeiro funcional e fitness”… Mas afinal, o que significa dizer que um alimento é funcional? Continue a ler para saber mais sobre isso.

O que é

Quando se diz alimento funcional, na verdade estamos nos referindo a um ingrediente utilizado na receita que oferece, além do valor nutricional, outras funções benéficas para o organismo. Entre estas, podem estar: acelerar o metabolismo, melhorar a circulação, retardar o envelhecimento precoce, diminuir o risco de doenças, inibir tumores e cânceres, etc. Os principais alimentos tido como funcionais são os derivados de soja, como o leite vegetal e o tofu, cereais integrais, hortaliças com talo, linhaça, farelos, entre outros.

Antigamente o termo “superalimento” também era utilizado com este fim, mas geralmente designava alguma fruta ou vegetal específico que estava fazendo sucesso nas rotinas de emagrecimento, como foi o caso da chia, da quinoa e do goji berry.

Quais são os alimentos funcionais?

Frutas – Goiaba, melancia, uva, maçã, uva;

Cereais – Aveia e seu farelo, centeio, cevada, farelo de trigo;

Legumes – Tomate, rabanete;

Verduras – Folhas verdes, brócolis, couve,

Grãos – Soja, milho, sementes de chia;

Derivados de leite de vaca – Iogurte;

Carne – Peixe;

Outros – Chá verde, azeite;

Alguns de seus benefícios

  • Redução do colesterol ruim;
  • Melhora do sistema imunológico;
  • Ação anticancerígena;
  • Combate a doenças degenerativas;
  • Diminuição da pressão
  • Prevenção de doenças cardiovasculares;
  • Combate o envelhecimento precoce;
  • Riqueza de vitaminas e minerais;
  • Controle do açúcar no sangue;
  • Melhora da digestão;
  • Contribuição para a perda de peso;
  • Aceleração do metabolismo.

Como consumí-los

Ao contrário do que se imaginaria, uma alimentação saudável precisa ter inclusão dos alimentos funcionais, e não ser composta unicamente por eles; até porque isso excluiria uma grande lista de outras comidas. Converse com um nutricionista para entender as formas mais saudáveis de incluir essas fontes de saúde no dia a dia.

Receitas funcionais

Omelete funcional – Em um recipiente misture dois ovos, tomate picado, palmito em cubinhos, cogumelos Shitake cortados, brócolis e rúcula picada, uma colher de quinoa cozida e depois frite em uma frigideira untada com azeite.

Sobremesa de damasco – Deixe 200g de damasco de molho em meio litro de suco de laranja, depois escorra a fruta e passe pelo processador junto com um pequeno maço de hortelã. Enrole a fruta processada em bolinhas e passe no coco ralado e está pronto.

Berinjela funcional – Corte uma berinjela em rodelas não muito finas e deixe as fatias de molho com uma colher de sopa de sal. Escorra e tempere com óleo de gergelim e um pouco de molho shoyu, mexendo bem para o tempero penetrar no vegetal. Esquente uma frigideira, ponha as fatias para fritar e depois vire-as para dourar o outro lado.

Tacos integrais – Misture duas colheres de sopa de farinha de arroz integral, uma colher de farinha de linhaça e uma pitada de sal. Depois, acrescente ¼ de xícara de água e uma colher de azeite de oliva. Mexa bem e depois frite como se fosse uma panqueca. Rende uma unidade e pode ser recheado com o que quiser.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment