Quiropraxia: O que é? Quais os benefícios? Como funciona a sessão?

Quiropraxia: O que é? Quais os benefícios? Como funciona a sessão?

O método da quiropraxia pode ser aplicado em qualquer pessoa, desde recém-nascidos, até aqueles em idade avançada. Os quiropraxistas, profissionais aptos a aplicar estas técnicas manuais, cuidam de todo o sistema neuro-esquelético. No entanto, os principais problemas tratados pela quiropraxia referem-se as dores lombares, hérnias de disco, dores ciáticas, tensão muscular, restrições a movimentos, dores de cabeça e no pescoço, dores e problemas nas principais articulações dos ombros, tornozelos, cotovelos, joelhos, punhos que podem surgir de repente causados pela sistemática repetição de movimentos contínuos ou por meio de posturas erradas.

Um dos diferenciais da quiropraxia é provocar no paciente o autoconhecimento do próprio corpo e inserir hábitos de bem-estar e de qualidade de vida para que, futuramente, o paciente não mais volte a sofrer dos males antigos. Por exemplo, o paciente possui hábitos de má postura corporal ou de não praticar nenhum exercício físico laboral durante o dia a dia. As principais posturas consideradas inadequadas são:

– sentar de forma torta com a coluna inclinada;

– digitar consistentemente e não alongar as mãos;

– permanecer muito tempo sentado ou em pé;

– não ter o hábito de alongar-se.

A partir das práticas de quiropraxia, o paciente vai começa a inserir novos e bons hábito em sua rotina diária e por consequência terá mais qualidade de vida. Portanto, o método não serve apenas para aqueles que já estão doentes ou sofrendo com dores intermináveis, mas também para aqueles que desejam garantir boa saúde do corpo, como maneira preventiva.

Como surgiu a quiropraxia

A quiropraxia ou cura por meio de técnicas manuais foi descoberta e iniciada pelo médico norte-americano Daniel David Palmer, em 1895, nos Estados Unidos. No Brasil, a técnica somente começou a ser difundida a partir de 1992, por meio da criação da Associação Brasileira de Quiropraxia. Estima-se que existam, atualmente, cerca de 90 mil profissionais desta área em todo o mundo.

Para conseguir diagnosticar uma doença e prescrever o tratamento exato, um profissional desta área tem a necessidade de formação superior, e o curso varia de faculdade para faculdade, com 4 anos e meio até 6 anos. Entre as disciplinas curriculares estão presentes uma vasta formação em ciências biológicas.

Quais os benefícios da quiropraxia

Os benefícios dependem de que área o paciente vai tratar. Os pacientes que procuram um quiropraxista precisam tratar dores de articulações, hérnias de disco, complicações lombares, dores no pescoço e dores de cabeça. Pessoas que ficam sentadas diariamente e por muito tempo, realizando as mesmas funções, como taxistas, atendentes de telemarketing, entre outras profissões.

O não tratamento dessas dores podem adquirir lesões em tendões e articulações lombares. Portanto é fundamental encontrar a causa destas dores e trata-las faz parte desta prática aplicada pela quiropraxia. O diagnóstico começa por analisar a postura (hábitos, maneira de sentar, etc) do paciente, passa por testes ortopédicos e também neurológicos, e pelo contato (toque) nas áreas afetadas e doloridas. Exames laboratoriais, tais como tomografias, ressonância magnética ou raio-x também podem ser necessários para fechar um diagnóstico acerca da causa das dores e de como a quiropraxia deverá ser aplicada.

Como funciona a sessão de quiropraxia

As sessões ajustam a musculatura e restauram a movimentação correta dos músculos. Quando realizada adequadamente, por um profissional capacitado, a técnica é indolor e sem contraindicações e consegue trazer alívio e conforto ao paciente. Porém, em pacientes com doenças em estágio avançado, hérnias de disco problemáticas, a aplicação da quiropraxia pode causar certo desconforto, certo incômodo.

Um pouco de cansaço e sensação muscular de rigidez, logo após as sessões de quiropraxia, são normais e não representam problema algum. Além de tratar problemas com a coluna vertebral e os nervos que fazem conexão com ela, os pacientes que buscam a quiropraxia também tratam de distúrbios relacionados a irritabilidade, stress, tensão diária, entre outros.

Para determinar a quantidade de sessões que o paciente necessita, o quiropraxista avalia todo o quadro clínico, inclusive de que forma ele vai reagir com as primeiras sessões. Ao optar pelo tratamento com quiropraxia, o paciente busca um profissional qualificado e experiente. É importante que esse profissional seja integrante da Associação Brasileira da Quiropraxia para dar maior credibilidade ao seu trabalho. No site www.quiropraxia.org.br é possível realizar esta busca pelos melhores profissionais.

Confira este vídeo para ver como é feita uma sessão:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment