Óleo mineral: Para o cabelo, para a pele. Pode ser usado no bebê? Funciona como laxante?

Óleo mineral: Para o cabelo, para a pele. Pode ser usado no bebê? Funciona como laxante?

O óleo mineral serve de base para vários tipos de produtos, tanto para a saúde, quanto para a beleza, pois uma das suas principais vantagens é o fato de ajudar a tratar problemas de pele. O óleo mineral é feito através do refinamento do petróleo, e a sua composição é bastante gordurosa, sendo muito eficaz também para tratar certas dores. Conheça algumas das principais vantagens do óleo mineral.

Onde comprar o óleo mineral? Quanto custa?

Existe uma imensa variedade de marcas de óleo mineral nas farmácias, sendo que algumas são mais tradicionais, como a Johnson e a Ideal. Além disso, você também encontra o óleo mineral em frascos de tamanhos diferentes, e pode escolher qual deles mais se adequa na sua necessidade.

O preço pode variar entre R$7,00 até R$40,00, dependendo do tamanho do frasco e da marca do óleo.

Se você quiser comprar o óleo mineral pela internet, recomendamos o site de duas farmácias que possuímos parceria, a Araújo e a Onofre. Ambas possuem ótimos preços e entrega em todo Brasil. Clique a seguir para acessar o site de cada uma delas.

Botão - Araujo

Botão - Onofre

Óleo mineral para a pele

Como mencionado acima, o óleo mineral é muito utilizado nos tratamentos de pele, sendo a base de vários cosméticos que estão disponíveis no mercado devido ao seu alto poder de hidratação, pois ele acaba formando uma espécie de barreira entre a pele e agentes externos. Para aquelas pessoas que possuem uma pele muito ressecada, e desejam deixá-la mais saudável, uma dica é misturar o creme hidratante com o óleo mineral puro (meio a meio), os resultados costumam ser muito surpreendentes para quem testa a combinação.

Óleo mineral para os cabelos

A aplicação do óleo mineral nos cabelos ainda causa muita polêmica entre as pessoas, pois algumas acreditam que ele traz vantagens para a saúde dos fios, outras não. Cientificamente não existe nenhuma pesquisa que comprove que o óleo mineral faça mal ao cabelo, porém, também não existem dados técnicos que ele trate os fios como acontece com outros tipos de óleos. O que ocorre na prática é que ele funciona como uma “maquiagem” para os cabelos, ou seja, ele ajuda a disfarçar possíveis ressecamentos, mas não tem o poder de tratar os fios mais profundamente. Outra questão que causa muitas dúvidas é o fato desse acúmulo poder prejudicar bastante os fios, pois ao formar essa capa, isso poderia impedir que os nutrientes realmente importantes não fosse absorvido, essa afirmação também não é algo comprovado, mas pode acontecer com o uso excessivo do produto.

A verdade é que o óleo mineral realmente não tem o poder de tratar os cabelos, ele funciona mais como um “condutor” dos ativos que realmente são capazes de promover um tratamento, ou seja, quando combinado com outros componentes, o óleo mineral pode sim ser muito benéfico, porém, assim como ocorre com outros produtos, o uso exagerado pode ser prejudicial.

Possui ação laxante?

Sim, quando tomado, o óleo mineral tem a função de laxante e é um importante aliado para quem sofre com a prisão de ventre, a principal razão para que isso aconteça é o fato dele dar às fezes uma boa quantidade de água, ajudando assim a sua circulação através do intestino. Para essa finalidade, duas colheres são suficientes para fazer efeito, mas atenção, o ideal é que esse remédio seja tomado em casa e sempre com orientação de um médico.

Pode ser usado no bebê?

O óleo mineral também é um aliado no tratamento e hidratação da pele do bebê, principalmente onde a fralda pode causar assaduras. Para os bebês, existe um óleo mineral específico, da marca Jonhsons. Clique aqui para saber o seu preço

E você? Já usou esse produto? Conte pra gente nos comentários se ele realmente atendeu ao que você desejava!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 3,67 out of 5)
Loading...

Add Comment