Ginecomastia: O que é? Quais são as causas? Como tratar? Descubra aqui!

Ginecomastia: O que é? Quais são as causas? Como tratar? Descubra aqui!

Você provavelmente deve conhecer algum homem que possui as mamas um pouco maiores do que o normal para eles não é mesmo? Pois saiba que isso nem sempre é caracterizado por um excesso de peso, sendo que na maioria das vezes esse problema se da devido a uma doença, a ginecomastia.

Se você possui dúvidas sobre a Ginecomastia e deseja conhecer um pouco sobre o seu tratamento é só continuar lendo esse artigo e conferir tudo sobre essa doença em seguida.

O que é?

A Ginecomastia, também conhecida como hipertrofia mamária é um problema que afeta os homens, podendo ser benigna ou maligna. A principal característica desse problema é o crescimento das mamas nos homens.

Esse problema costuma aparecer ainda na adolescência, por volta dos 13 anos, visto que nesse período os hormônios se encontram desequilibrados. No entanto a Ginecomastia poderá aparecer em qualquer outra fase da vida.

A principal consequência da Ginecomastia é a estética, por que o crescimento das mamas pode ser facilmente visto, o que incomoda as pessoas que possuem esse problema.

ginecomastia

O que pode causar a ginecomastia?

A principal causa da Ginecomastia é o desequilíbrio hormonal, e por isso poderá afetar o homem em qualquer idade, até mesmo quando ainda bebê.

Na maioria das vezes, os bebês que desenvolvem a ginecomastia é devido a uma reação ao estrogênio que foi passado da mãe para o filho ainda durante a gestação.

Já nos casos dos adolescentes esse problema se dá na puberdade, visto que o organismo pode ter produzido pouca testosterona e por isso o estrogênio ficou em maior quantidade e levou a esse crescimento das mamas.

Nos homens que já são adultos esse problema também poderá aparecer, visto que na maioria das vezes ele aparece após os 40 anos que é quando o corpo começa a diminuir a produção de testosterona.

Embora a ginecomastia seja causada de maneira natural conforme o funcionamento do corpo e a queda da produção de testosterona, existem outros fatores que poderão aumentar as chances desse problema, como o desenvolvimento de doenças endócrinas, insuficiência renal, tratamentos hormonais, o uso de anabolizantes e outros.

Como tratar?

O tratamento da Ginecomastia em jovens e adultos pode ser feito através do uso de medicamentos antiestrógeno a fim de impedir que o estrogênio continue agindo no corpo e assim impedindo que as mamas continuem crescendo.

Além do mais, na maioria dos casos é realizada uma cirurgia a fim de remover esse excesso de mama.

Nos bebês não é necessário realizar um tratamento, pois a ginecomastia é revertida naturalmente.

Quais os sintomas da Ginecomastia?

Os principais sintomas da Ginecomastia são:

  • Crescimento anormal das mamas em homens;
  • Sensibilidade nas mamas;
  • Dor;
  • Estrias;
  • Coceira na região;
  • Acúmulo de gordura.

Além do mais, em poucos casos é possível notar uma pequena saída de leite da mama, conhecida como Galactorreia.

 ginecomastia

Tem cirurgia?

Sim, conforme dito acima existe uma cirurgia para a remoção da mama, que é feita apenas por estética.

Existem três tipos de cirurgia, que irão variar conforme a gravidade do problema.

  • Lipoaspiração: Esse é o procedimento cirúrgico mais simples, sendo indicada quando ocorre um pequeno acúmulo de gordura na região da mama.
  • Remoção da glândula: Quando ocorre um grande aumento da mama o ideal é remover a glândula mamária para sanar o problema.
  • Mamoplastia redutora: Esse é procedimento indicado para os casos mais complexos, quando o problema afeta parte do tórax e causa um grande excesso de pele.

Apenas um médico poderá avaliar qual é o melhor tipo de cirurgia para o seu problema.

Preço

O preço da Ginecomastia irá variar conforme o tipo de procedimento que vai ser realizado, sendo que ele poderá variar de 1.000,00 a mais de 7.000,00.

Pode ser feita pelo SUS?

Como a Ginecomastia é um procedimento caro, o SUS oferece essa cirurgia, porém para consegui-la é necessário seguir alguns requisitos e passar por algumas avaliações dos médicos do SUS.

No entanto é preciso lembrar que a lista de pessoas que estão atrás de uma cirurgia de Ginecomastia no SUS é grande, e por isso será preciso esperar até que você seja selecionado para realizar o procedimento.

Ainda tem alguma dúvida a respeito da Ginecomastia? Deixe um comentário que em seguida nós responderemos você!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment