Doenças Cardiovasculares

Doenças Cardiovasculares

Doenças que afetam o coração e as artérias, as doenças cardiovasculares têm sido as responsáveis por 29,4% de todas as mortes registradas no Brasil em um ano, significando mais de 308 mil pessoas faleceram de infarto ou AVC (Acidente vascular cerebral). 60% das vítimas são homens, com idade médica de cinquenta e seis anos, e essa frequência coloca o Brasil entre os dez países com maior índice por doenças cardiovasculares.

A principal característica desse tipo de doença é a presença de aterosclerose, que é um acúmulo de placas de gordura nas artérias que impedem a passagem do sangue. Essas placas não se formam de um dia para o outro e sim ao longo de vários anos de maus hábitos ou falta de tratamento adequado. O corpo humano necessita de oxigênio em todas as células para sobreviver, e este é distribuído pelo sistema circulatório. Por conta desse fechamento da artéria por essas placas, a região que deveria ser irrigada com sangue não recebe oxigênio e nutrientes , entrando em colapso.

Mais comuns

Infarto – Acontece quando uma parte do coração não recebe oxigênio e nutrientes suficientes, então ocorre uma lesão no músculo. Essa situação leva à necrose (morte celular), que desencadeia uma inflamação no local.

AVC – Por conta da aterosclerose, o cérebro não recebe a irrigação necessária e as células cerebrais, que são muito delicadas, acabam morrendo, deixando sequelas graves e podendo levar à morte.

Arritimia cardíaca – É um distúrbio do batimento cardíaco, ficando muito rápido, muito lento ou irregular, causando taquicardia ou bradicardia. São causadas por problemas no sistema elétrico que conduz o coração.

Isquemia – A isquemia é o que leva ao infarto ou ao AVC, o que significa que pode acontecer em diferentes áreas do corpo. É um tipo agudo de interrupção do fluxo sanguíneo e surge muito rapidamente. Se não for tratado com urgência pode levar à morte.

Angina – É um estreitamento das artérias que irrigam o coração, provocando deficiência no suprimento de nutrientes e oxigênio. Causa dor no peito, sinal de que o coração está recebendo menos sangue que precisa. A dor pode ser agravada pelo estado emocional, estômago cheio ou baixas temperaturas.

Prevenção

A prevenção dessas doenças é feita através da adoção de um estilo de vida mais saudável, envolvendo prática regular de exercício físico, alimentação balanceada sem exageros em temperos ou álcool, não fumar e ainda controlar infecções que possa ocorrer em qualquer parte do corpo. O exercício físico regular aumenta o bombeamento de sangue, o que faz com que seja mais difícil que haja depósito de gorduras e cálcio nas artérias. A alimentação, coadjuvante essencial, quando rica em frutas e verduras e pobre em gorduras, não dá margem para o aparecimento desses depósitos. O exagero do álcool e uso do cigarro sobrecarregam os músculos do coração, fazendo com que o bombeamento seja feito com mais vigor e aumentando e muito as chances de aparecimento dessas doenças. Embora muitas doenças cardiovasculares tenham causas genéticas, é bom não bobear e deixar que elas surjam por questão comportamental.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment