Dexametasona: Conheça as indicações desse medicamento

Dexametasona: Conheça as indicações desse medicamento

A dexametasona é um popular anti-inflamatório, imunossupressor – medicamentos que atuam como bloqueadores de resposta do sistema de defesa do organismo – e antialérgico. É conhecido também sob o rótulo de Decadron e Decadronal e sua ação pode prevenir ou romper processos de inflamação e alergias. A dexametasona ocupa a classe dos  corticosteróides.

As prateleiras das farmácias estão cheia de remédios, de todos os tipos, para as mais diversas doenças. Sendo assim, é importante que você conheça cada tipo de medicamento e sua finalidade. A seguir vamos falar da dexametasona, suas indicações, efeitos colaterais e como ele é encontrado no mercado.

Pra que serve a dexametasona?

A dexametasona é comumente utilizada no tratamento de doenças como edemas cerebrais e crises alérgicas. O medicamento também se mostra eficiente no tratamento de sinusite, rinite, doenças reumatológicas como artrite e bursite.

No caso de tratamento das reações alérgicas, ela é encontrada em várias versões, como pomadas, cremes e colírios, além de comprimidos e injetável, a depender da necessidade do paciente.

Dexametasona pomada

No caso das pomadas, a dexametasona é indicada para processos alérgicos dermatológicos e atua no tratamento de doenças como dermatites, eczemas, reações a picadas de insetos, aranhas, queimaduras. Ema alguns casos você pode cobrir a área afetada um uma gaze.

É encontrada em bisnagas de 10mg. Deve ser usada em média de 2 a 4 vezes ao dia, ou dependendo das indicações do seu médico.

Dexametasona colírio

Já a versão em colírio da dexametasona deve ser usada no caso de inflamações e irritações oculares, e é comercializada também sob o nome de Maxidex.

A dexametasona em colírio é indicada principalmente no tratamento de conjuntivites. Recomenda-se que o paciente agite a embalagem antes de pingar o colírio nos olhos e evite o contato entre o pingador e o olho infectado, afim de evitar contaminações.

Efeitos colaterais e contra-indicações

A bula do medicamento tem recomendações bem claras sobre a dexametasona, que não deve ser utilizada nos casos de infecções por meio de fungos. Já as gestantes, mulheres que estão amamentando e crianças devem seguir as recomendações médicas para a administração do medicamento, já que a substância pode permanecer no leite materno em pequenas doses.

Sobre os efeitos colaterais, os mais comuns são retenção de sódio e líquidos, dores de cabeça e vertigens e irregularidades menstruais. No caso da sua versão em pomada, as reações podem ser coceira e irritações, na maioria dos casos se for usado por longos períodos. Se você apresentar qualquer uma dessas reações, é importante consultar o seu médico.

Preço

O preço da dexametasona depende muito da quantidade que é vendida, já que o medicamento é comercializado em várias versões. No caso da dexametasona em comprimido, seu preço pode variar entre R$ 4,00 e R$ 20,00 a depender do laboratório responsável.

É importante lembrar que todo medicamento deve ser tomado com acompanhamento médico, principalmente no caso de quem possui doenças graves, mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez e em fase amamentação. Também é preciso ter cautela com a administração de medicamentos por crianças.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Add Comment