Divisão de treinos: Abc, Abcd, Abcde, hipertrofia, divisão de treino feminino, divisão de treino para naturais e anabolizados

Divisão de treinos: Abc, Abcd, Abcde, hipertrofia, divisão de treino feminino, divisão de treino para naturais e anabolizados

Muitas pessoas mantém a saúde em dia, por meio de treinos musculares aeróbicos ou não. Esses treinos são capazes de manter o corpo e mente ativos e saudáveis, à medida que as pessoas começam a conhecer melhor como o sistema funciona. É preciso conhecer os tipos de treinos, para escolher a melhor forma de divisão.

A principal função da divisão de treinos é fazer com que todos os músculos sejam trabalhados, evitando sobrecarregar um músculo específico levando a dor e contusões. Quando a pessoa divide o seu treino em três partes, quer dizer que ela se utiliza do sistema Abc, o mais comum nas academias. No entanto, existem outras maneiras de fazer essa divisão, conheça um pouco mais sobre esse processo.

Divisão de treinos Abc, Abcd e Abcde

Cada pessoa possui um tipo de corpo, e consequentemente as suas limitações, que devem ser consideradas na hora de fazer a divisão dos treinos. Na grande maioria das academias, a divisão de treino Abc é a mais utilizada. Para escolher a melhor divisão para o seu organismo e seus objetivos, é importante conhecer sobre cada um deles:

Treino Abc:

Nessa divisão o mesmo músculo é trabalhado até três vezes durante a semana, com menor intensidade. Esse tipo de treino é o mais recomendado para os iniciantes, visto que é a opção mais segura, porém, nem sempre é o escolhido por aqueles que desejam resultados rápidos.

Treino Abcd:

Esse treino conta com três paradas de descanso semanais, sendo que um deles é localizado na metade do treino. Todo o processo é pensado para as chamadas fibras musculares brancas (rápidas) se proliferarem pelo corpo e com isso, a pessoa ganha mais força. Não sendo recomendado nem para iniciantes, nem para aquelas pessoas que acabam de voltar a malhar.

Treino Abcde:

Nesse caso, um mesmo músculo é trabalhado durante toda a semana e com muita intensidade. Esse tipo de treino não é recomendado de maneira alguma para iniciantes. O praticante também não deve usar esse treino como desculpa e passar horas na academia. É importante que o treino seja elaborado por um profissional qualificado.

Divisão de treinos para hipertrofia

Não existe uma fórmula mágica e nenhuma “receita de bolo” pronta quando o assunto é musculação, afinal, cada pessoa tem características próprias, o que faz com que cada organismo reaja de maneira diferente a cada tipo de exercício. Há também outras questões como tempo disponível, objetivos particulares, experiência, etc. Por essa razão, existe a divisão de treinos para hipertrofia que pode ser adotada nas diferentes ocasiões.

Treino superior e inferior:

É recomendada para pessoas que já têm mais intimidade com os treinos, visto que esse tipo de exercícios permite mais volume e recuperação dos treinos. A divisão básica feita nesse caso é o trabalho nos músculos superiores e inferiores.

Um grupo de músculos por dia:

Esse é um modelo muito utilizado pelos fisiculturistas. Nesse tipo de treino, o atleta acaba adotando uma série de exercícios a serem feitos de cinco a seis vezes, sendo treinado um músculo por vez.

Treino Corpo Inteiro:

Nesse caso, o corpo é visto como um todo, e não em partes, como nos casos anteriores.

Divisão de treinos naturais e anabolizados

Os chamados treinos naturais são aqueles em que a pessoa não se utiliza de anabolizantes para atingir o seu objetivo, por essa razão, a divisão de treino adotada nesses casos é diferenciada, a fim de conseguir extrair o máximo de ganhos possíveis.

Em ambos os casos, a divisão de treinos naturais e anabolizados será a mesma já mencionada acima, sendo que cada caso deve ser analisado de maneira particular, para que a pessoa consiga realmente atingir o objetivo que se propôs.

Divisão de treinos femininos

O objetivo de muitas mulheres quando começam a realizar a sua série de treinos é ganhar curvas e tonificar os músculos. A maneira mais rápida para fazer com que se chegue a esse objetivo é o treino mais pesado. Para esses casos, a divisão mais completa é a AB2X ou Upper/Lower, pois trabalha todo o corpo.

De uma maneira prática, as mulheres que adotarem essa divisão poderão treinar na segunda a parte superior, na terça a região inferior, na quarta seria o descanso, quinta região superior B, sexta região inferior B, etc. Vale ressaltar que tudo deve ser acompanhado por um aquecimento e de um alongamento pós treino, além de uma alimentação balanceada e uma boa noite de sono.

Veja este vídeo para mais informações:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Add Comment