Stanozolol

Stanozolol

De nome comercial Winstrol, Stanozolol ou Estanozolol é um conhecido esteroide anabolizante utilizado por bodybuilders e atletas em busca de definição muscular. Derivado da testosterona, embora aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), que é o órgão regulador de drogas e alimentos dos EUA, não passou pelo crivo da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o que significa que aqui sua venda e uso são proibidos. Esse artigo te fará saber um pouco mais sobre como Stanozolol age no corpo e suas características.

Fins medicinais

Stanozolol pode ser encontrado disponível para consumo oral na forma de comprimidos ou por via intramuscular, na forma injetável. Para uso humano, pode ser receitado para tratar angioedema (inchaço na derme) hereditário e anemia. Para uso veterinário, costuma ser usado no tratamento de animais debilitados e muito magros, estimulando seu apetite.

Uso por atletas

Largamente utilizado, assim como outros esteróides, por conta de seu potencial anabolizante e grande efeito estético. Seu uso é preferido durante período de cutting, no qual se busca definição, e é uma droga que supostamente tem efeitos colaterais reduzidos e mostra resultados favoráveis no crescimento e definição muscular. Ele funciona melhorando o metabolismo, fazendo com que haja melhor absorção de nutrientes, aumento das células sanguíneas que potencializa a oxigenação dos músculos e resultando em pouca ou nenhuma retenção de líquido.

Na versão intramuscular, costuma ser injetado cerca de 100mg dia sim, dia não, ou os comprimidos são ingeridos de forma a completarem de 50 a 100mg todos os dias. Frequentemente seu uso é combinado com outros esteróides para garantir os melhores resultados. Por conta de seu baixo perfil androgênico, Stanozolol é uma das drogas mais utilizadas por fisiculturistas ou atletas mulheres, assim como a Oxandrolona.

Efeitos colaterais

Embora tenha um baixo índice de aromatização e seja tido como um dos esteróides com menos efeitos colaterais, eles ainda existem e podem ser bastante sérios. Alguns dos observados são:

  • Perda da libido
  • Enjoo
  • Acne
  • Queda de cabelo
  • Vômitos
  • Ansiedade
  • Problemas pra dormir
  • Aumento do músculo cardíaco
  • Complicações do fígado, levando à hepatite medicamentosa

Além disso, o uso oral de Stanozolol está associado a problemas gastrointestinais. O uso de Stanozolol fará com que o organismo deixe de produzir testosterona naturalmente, além de, a longo prazo, trazer virilização: engrossamento da voz e de pelos, hipertrofia clitoriana e alterações no ciclo menstrual. Há o risco de reação alérgica a esse esteróide resultando no fechamento das vias respiratórias.

Interações medicamentosas

O uso desse esteróide enquanto se faz tratamento com outros remédios pode ser extremamente perigoso, já que alguns deles podem potencializar seus efeitos.

Terapia pós ciclo com Stanozolol

A TPC após a ciclagem com Stanozolol é extremamente indicada para preservar os ganhos, proteger o fígado e retornar a produção de testosterona aos seus níveis normais. Para evitar os efeitos colaterais, além disso, é preciso utilizar a dose adequada que for recomendada por seu médico de segurança, além de não manter ciclos por um período de tempo muito longo.

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (252 votes, average: 4,54 out of 5)
Loading...

Add Comment